Dicas de como gravar um violão em Home Studio

Você está querendo fazer uma gravação de violão em seu home studio mas não sabe por onde começar?

Então se ligue nessas dicas que preparamos para você:

Preparando para a gravação

1 – O violão
Antes de começar a gravar você precisa se atentar a alguns detalhes. Um dos fatores mais importantes é a regulagem do violão. Atente-se para que o violão esteja sem trastejamentos (quando a corda vibra ao tocar nos trastes, fazendo ruídos indesejáveis), com as oitavas afinadas e sempre com cordas novas. Porém, não deixe para trocar as cordas no dia da gravação. Procure fazer isso entre uma semana ou duas antes da data da gravina. Isso permitirá que as cordas se ajustem a tensão, deixando de perder a afinação.

2 – A música
O ideal é que você esteja bem ensaiado para a sessão de gravação. Pratique até dominar toda a música, diminuindo assim os riscos de perder uma tomada inteira. Se não for possível ensaiar antes, pratique um pouco antes da gravação até estar mais familiarizado com a música.

3 – O ambiente
A escolha do ambiente de gravação também fará diferença e definirá o processo de captação escolhido. Procure ambientes bem silenciosos, de preferência com poucos ruídos externos. Se o seu home studio sofre com barulhos externos, procure fazer a captação em horários em que esses ruídos são reduzidos, como a noite, por exemplo.

4 – A captação
A captação do áudio do violão pode ser feita de diversas maneiras. Você pode utilizar o captador do violão, plugando-o direto na sua interface de áudio ou fazer uso de microfones, que trarão mais qualidade a sua gravação.
Para captações em ambientes mais ruidosos, como ao ar livre ou shows ao vivo, onde o barulho externo não pode ser controlado, a menos que a sua intenção seja a de captar esses ruídos, opte por gravar o seu violão utilizando a captação elétrica, ou seja, grave com o instrumento plugado.
Já para quem consegue gravar em ambientes mais silenciosos, opte por gravar com microfones, que trarão todo o timbre do seu violão para a sua gravação.

5 – Os microfones
Existem diversos tipos de microfones, mas os tipos mais comuns para gravação de violões são os condensadores e os dinâmicos (se você não sabe qual a diferença entre eles, clique aqui e entenda um pouco mais).
Se o seu ambiente for muito silencioso, opte por usar os microfones condensadores. Eles captarão minuciosamente cada detalhes do seu timbre e um pouco da ambiencia da sala, deixando o som ainda mais encorpado.

Já para ambientes que possuem algum vazamento de som (cachorros, vizinhos, etc), de preferência aos microfones dinâmicos, que possuem um foco mais reduzido, captando apenas a fonte sonora a frente de sua cápsula.

6 – O posicionamento dos microfones
Não existe uma regra exata de posicionamento dos microfones, pois cada violão tem o seu próprio perfil e timbre, o que faz com que precisemos gastar um certo tempo buscando a melhor posição do microfone. Mas alguns padrões já foram estabelecidos, como por exemplo usar o microfone dinâmico apontado para a décima segunda casa do violão. O importante é evitar que a cápsula do microfone esteja apontada diretamente para a boca do violão. Nesta situação, a captação de graves será muito alta, tornando o som do seu violão muito ruim na gravação.

7 – A gravação
Agora que você já passou por todos os passos anteriores, chegou o grande momento da gravação. Vale atentar-se para alguns detalhes:
Não fique se movimentando muito, principalmente se estiver gravando com microfones. Cada movimento será registrado, deixando o áudio com muitas variações.
Evite roupas que fazem barulhos como nylon, casacos, chinelos, etc.
Evite cadeiras que fazem barulhos quando você se mexe.
Grave mais de um take. As vezes você comete algum erro imperceptível ou vaza algum ruído de fora e aí é bom você ter mais de um take para corrigir estes problemas.
Com mais de um take você também poderá fazer as dobras de violões, deixando um para cada lado no estéreo, deixando o som do violão muito mais encorpado.

E aí, gostou das nossas dicas? Se você ficou com alguma dúvida, deixe aqui nos comentários que responderemos assim que possível.

Aproveite e veja essa playlist do nosso canal do Youtube sobre gravação de violões. Com certeza você vai gostar!

Até a próxima